Cliente 274 – “O Excitável”

Definitivamente abriu a temporada de encontros com tentativas de longa data rsrs. Esse outro é de Salvador e costuma vir a São Paulo de tempos em tempos. Como ele sempre me chamava quando já estava por aqui (e não com antecendência), tivemos muita dificuldade em casar as agendas (mais de meses também), até que sugeri que agendasse quando já soubesse a data que viria, pois aí sim teríamos maiores chances de dar certo. Como deu! 😃

Quarto 164. Conversamos um pouco primeiro, enquanto tentávamos fazer o ar condicionado funcionar, e após alguns minutos enfim nos beijamos. 👄 Durante os beijos, suas mãos bobas foram parar na minha menina, me acariciando por cima da calcinha. Depois se deitou por cima de mim e também roçou seu pau com ambos ainda vestidos com as roupas de baixo. Depois chupou os meus seios e foi descendo para me chupar lá embaixo também. Hummmm… Também o chupei na sequência, e após um considerável tempo de preliminares, encapamos! 😼

Ele veio por cima no papai e mamãe e gozou bem rápido. Em menos de um minuto já avisou que ia gozar, e eu, que estava me masturbando toda empolgada, não pude conter um: “Já?”. Pedi que continuasse até eu gozar, e assim pude chegar lá também. 🤤

Depois que se lavou, conversamos bastante durante a pausa, até que retomamos os beijos e voltei a mexer no seu pau. Ele preferiu que eu me masturbasse ao invés de masturbar a ele, mas acabei fazendo os dois. Uma mão em mim, outra nele. ✊🏻😏

Ao mesmo tempo falávamos algumas besteiras, e foi muito excitante ouvi-lo dizer o quanto havia se masturbado lendo o meu blog. 😛 Após um tempo assim, ele interceptou minha mão, dizendo que já estava quase gozando, mas pedi que não se podasse, afinal tínhamos tempo e ele poderia gozar de novo depois.

Ele seguiu minha sugestão e se entregou. 💦💦💦 Mas foi ilusão minha achar que ele aguentaria uma terceira rs. Ficou totalmente arriado depois disso. E eu que estava me masturbando durante esse processo, não gozei e fiquei a ver navios rs. Depois pedi o almoço e ambos fomos nos banhar. Ele avisou que já estava satisfeito e me fez companhia enquanto eu almoçava. Encontro de 2h.

Cliente 273 – “O Divertido”

Eis aqui mais um adorável rapaz que tentava há muito tempo (mais precisamente 11 meses! 😱) sair comigo! Parece até mentira, mas eis a prova: 😁

Ele não é de São Paulo, o que também contribuiu para que as nossas agendas nunca casassem. Nunca até esse dia! 😁 (13 de Outubro). Quarto 135. Assim que abriu a porta, sua primeira frase foi: “Finalmente conheço a famosa Sara Müller!!” Famosa? 🤔 Até me senti importante!😛 Nos cumprimentamos com um abraço e me presenteou todo sem graça, menosprezando seu presente, como se eu fosse uma dessas nojentinhas que só se agrada se o presente for muito caro rs. Presente é presente! Independente de quanto o outro gastou! 😊

Batom Vermelhão 👄

Logo em seguida foi se banhar, enquanto continuamos conversando. Felizmente rolou bastante sintonia entre nós, ele era muito engraçado e muito desinibido (apesar de se dizer bastante nervoso naquele momento). Parecia que eu estava diante de um adolescente! Ele era mesmo um palhacinho (no bom sentido), alegre, cheio de vida e como já dito acima, muito engraçado mesmo!! 😁

Quando voltou do banheiro, fomos para a cama e entre uma conversa e outra, os beijos foram ganhando espaço. Passou as mãos nos meus cabelos enquanto nos beijávamos e depois foi descendo com elas para os meus seios. Após me despir, foi descendo com os beijos até a minha menina e… que delícia de oral! 😛

Percebi que ele se masturbava ao mesmo tempo em que me chupava e não resisti ficar só olhando aquilo. Determinado momento falei que era a minha vez de retribuir e me deliciei por um bom tempo com ele na minha boquinha. 👅 Depois ele quis voltar a me chupar, e outra vez fui paparicada. 🤗 Dessa vez não resisti e gozei. 🤤

Logo em seguida já encapou seu menino, e veio bem gostoso no papai e mamãe. 😋  Algum tempo assim e invertemos para que eu fosse por cima. Cavalguei com gosto, mas com o tempo senti seu menino amolecer, e acabei voltando para o oral. Enquanto o chupava, ele revelou que seus mamilos eram seu ponto fraco, então prontamente fui para eles, os chupando bem delicadamente. Tiro e queda! Seu menino acordou na mesma hora! 😁

Novo capote e me pegou de quatro. Após um tempo assim, voltamos para o ppmm, até que ele percebeu um pouco de sangue na camisinha e ficou preocupado que estivesse me machucando. Eu não estava prestes a menstruar, mas deduzi que só poderia ser isso (até porque não estava doendo), pois já aconteceu outras vezes de vir fora de época (mesmo tomando remédio). Por mim poderíamos prosseguir numa boa, mas ele não se sentiu confortável de continuar estocando, então voltei para o oral (não podia deixá-lo na mão) e após um tempo chupando, finalizei na punheta. Depois nos banhamos e pedimos a refeição. Conversamos ainda mais enquanto comíamos, parecíamos amigos de longa data! 😅Adorei demaaaais finalmente conhecê-lo! Encontro de 1h.

Cliente 272 – “O Respeitoso”

Pense num rapaz brasileiro, que não desiste nunca e que tentava sair comigo desde maio!! 😲 E esse encontro só deu certo agora, porque acabei lhe abrindo uma mega exceção em atendê-lo no seu apartamento em pleno feriado! (12 de Outubro) Claro que também não foi fácil eu ceder, mas o fato dele estar tentado há muitos meses contribuiu, além dele ter me mandado o link de todas as suas redes sociais. Também acertou meu Uber de ida e volta.

Já me esperava na portaria do seu prédio quando cheguei. Subimos para seu andar (de elevador) conversando, e quando entramos, pedi um copo de água, enquanto olhava seus tantos filmes em dvd e blue-ray na estante embutida na parede. Depois que saciei a minha sede, enfim nos beijamos. 💋💋

Os beijos foram prolongados, e só pausamos quando tomei a iniciativa de nos encaminharmos para o sofá. Mais beijos, e aí ele começou a passar seu dedo na minha menina. Depois despi sua camisa, ele também tirou meu vestido e então se deitou por cima de mim. 👄 Mais uma longa sessão de beijos com nossos corpos assim, até que tirou sua calça e minha calcinha…

O chupei nessa hora, mas por pouco tempo, pois logo me puxou para mais beijos. Depois ele que chupou os meus seios e então me deitou para também chupar minha menina. 😛 Nossa como ele caprichou!! Ficou um tempão lá embaixo e diversas vezes tentei interrompê-lo, sugerindo que fizéssemos 69, mas ele me tranquilizava dizendo que eu podia gozar sossegada.

Eu demorei muito para chegar lá, não que não estivesse maravilhoso, mas a vontade vinha e voltava. E conforme o tempo passava, me sentia ainda mais pressionada a gozar logo, imaginando que sua língua já devia estar dormente rs. – Pensamento este que contribuiu ainda mais para que eu não conseguisse gozar rsrs. – Só após algum tempo, que me concentrei para valer, esquecendo esse negócio de “cliente e trabalho” (como ele mesmo colocou, pedindo que eu relaxasse) que gozei maravilhosamente! 💖

Quando voltamos a nos beijar, já ia me preparar para chupá-lo mais uma vez, mas ele estava em ponto de bala, e quis transar naquele momento. Pegou a camisinha, encapou habilmente e entrou comigo naquela mesma posição, num delicioso papai e mamãe. Falei algumas putarias durante as estocadas, e reparei que ele se excitava ainda mais quando as ouvia! 😈 Gozou rapidamente.

Achei muito bacana da parte dele me satisfazer primeiro, para que quando fosse a sua vez não precisasse se preocupar em me esperar, já que eu estaria mega satisfeita com o seu oral. Depois que gozou e saiu de dentro de mim, continuamos deitados e voltamos a nos beijar mais um pouco, até que começamos a conversar.

Eu achei que rolaria segundo round, mas papeamos até o término do tempo (fechamos 1:30). Depois comecei a me vestir, ele também e então chamei o Uber. Super cavalheiro, desceu comigo até a portaria e ainda abriu a porta do carro para mim. O seu cheiro voltou comigo emaranhado nos meus cabelos.

Ponto de Vista Sexual

Transa boa e transa ruim, na verdade, é uma questão de ponto de vista… 😁

Veja duas mulheres conversando:

– Como foi sua transa ontem?
– Uma catástrofe! Meu marido chegou do trabalho, jantou em 3 minutos, depois fizemos sexo durante 4 minutos e após 2 minutos, ele já estava dormindo! E a sua, como foi?

– Foi fantástica! Meu marido chegou em casa levou-me para jantar fora, depois passeamos à pé durante 1 hora na volta pra casa; após 1 hora de preliminares à luz de velas, fizemos sexo durante 1 hora e, no fim, ainda conversamos durante mais 1 hora!

Agora veja os maridos conversando:

– Como foi tua “trepada” ontem?

– Foi fantástica! Cheguei em casa e o jantar estava na mesa; jantei, dei uma rapidinha e dormi feito pedra! E a sua?

– Uma catástrofe! Cheguei em casa e tinha faltado energia. Tive que levar minha mulher para jantar fora. A comida foi caríssima, tão cara que fiquei sem dinheiro para pagar o táxi de volta. Tivemos de voltar a pé, chegamos em casa e como ainda não tinha eletricidade, fomos obrigados a acender velas! Eu estava tão estressado que precisei de 1 hora para fazer o pau levantar e mais outra para conseguir gozar. Fiquei tão irritado que perdi o sono e tive de aguentar mais uma hora de conversa fiada.

Poxa vida… rs

Quem aí já conhecia essa piada? 😁😁😁

Cuidado ao abordar uma GP

Olá!

Apesar da minha semana estar super atarefada com os trabalhos da faculdade e tudo mais (fim de semestre acadêmico é uma dureza 😖), vim falar de um comentário que recebi essa madrugada no blog. Fiquei muito chateada com o que li (ainda mais vindo de alguém que diz ter saído comigo), e apesar de ter deletado, achei que seria válido compartilhar o ocorrido, pois muitos devem ter o mesmo pensamento que esse rapaz, então gostaria de esclarecer algumas coisas…

Vocês podem ter toda a certeza que nas vezes que almoço durante o atendimento, o faço pois o cliente me deixou a vontade para isso. É claro que em 99% das vezes eu deixo para comer depois que termina. Quem já saiu comigo, sabe que eu sempre deixo para pedir a refeição poucos minutos antes do tempo acabar, pois demoram para fazer e quando chegar já teremos finalizado.

Quanto ao cachê, essa será sempre uma discussão interminável. Alguns acharão caro, outros não, vai do bolso de cada um. O que um pode achar absurdo, talvez para outros não seja nada demais. Trazer isso à tona é um gesto indelicado que não agrega nada a discussão, pelo contrário, parece que quer ofender a pessoa, desvalorizando-a.

Sobre não ter se surpreendido comigo, infelizmente isso pode acontecer mesmo, pois é uma questão de gosto. Mas às vezes marcar com uma pessoa por curiosidade em conhecer um personagem, do que realmente se sentir atraído por aquela mulher, seja um dos fatores que contribuam para isso. Não tem como surpreender quem não se deixa ser surpreendido.

Cliente 271 – “O Mão de Vaca”

Quarto 211. Rapaz bonito, 38 anos com aparência de mais jovem. Nos beijamos, daí se sentou na cama e me sentou em seu colo de costas para ele, já passando a mão na minha menina por cima da calcinha, enquanto seus lábios brincavam no meu ombro. Ficamos um tempo assim e depois me virei de frente para nos beijarmos mais. 👄 Terminamos de nos despir e deitamos lado a lado na cama. Ele sempre me masturbando com seu dedinho habilidoso, e depois que comecei a chupá-lo, conduziu minha mão para que eu mesma me masturbasse, dizendo que queria me ver gozar. (Mas já? Rs.)

Depois ele ficou batendo com o pau no meu rosto, e me surpreendi com o peso do seu membro, aquela força não era proporcional ao seu tamanho. 😅 Enquanto ele batia, perguntou se eu gostava, e respondi que sim, achando que ele se referia as pintadas, mas fui surpreendida com um tapa na cara, no mesmo lugar em que ele estava batendo o pinto antes. 😯 Rapidamente retifiquei a minha resposta, explicando que me referia as pinceladas, e acrescentei que não batesse tão forte. Felizmente ele não me deu mais nenhum tapa depois disso.

Daí ele ficou pegando nas biquetas dos meus seios ao mesmo tempo em que eu o chupava, rodando meus bicos sem muito cuidado. Isso doeu um pouco e me segurei para não reclamar e parecer frescurenta. Continuei me masturbando conforme ele pediu, até que enfim consegui gozar. Ainda o chupava, mas sua ereção estava instável. Ora sentia ele amolecendo, ora mais duro. Eu não sabia se aquilo era por ele não estar gostando de algo ou se simplesmente era nervosismo.

Depois me pediu que ficasse de quatro, dizendo que iria me chupar, mas na verdade não me chupou coisa nenhuma. Só ficou mexendo no meu cu com o seu dedo (sem enfiar) e se masturbando ao mesmo tempo. Comecei a rebolar conforme ele incentivava, e ficamos nisso por um tempo, até que voltei para o oral. Às vezes eu chupava, outras ele se masturbava enquanto eu chupava suas bolas; ou pedia para que eu o masturbasse. Mas como o pinto dele amolecia muito rápido, eu tinha dificuldade de manter a velocidade, tendo que conduzir uma maria mole na mão.

De repente, ele esticou o braço para pegar a camisinha no criado mudo, e confesso que fiquei curiosa em saber como iríamos transar, se ele sequer conseguia manter a ereção por muito tempo. Enfim, encapou e veio por cima. Conseguiu penetrar, apesar de eu continuar sentindo meio mole dentro de mim. Ele estocou por um tempo e eu voltei a me masturbar.

Ambos não gozaram e tive que voltar a chupá-lo, já que ele se cansou e o menino amoleceu outra vez. Chupei por muito tempo, mas senti que meu oral não estava mais surtindo efeito. Daí ele me puxou para mais beijos, enquanto ele mesmo se masturbava. Quando estava prestes a gozar, pediu que eu continuasse com a masturbação para ele, e gozou com o pau meia bomba mesmo, quase não acreditei.

Ainda por cima foi em silêncio, só percebi que tinha chegado lá, quando vi o tanto de esperma na sua barriga. Ele se limpou com uma toalha de rosto, e ficamos pouco tempo deitados, conversando, até que propus almoçarmos. Ele não quis, então pedi só para mim. Conversamos bastante durante esse tempo, e depois que terminei de comer já me vesti para irmos embora.

Tivemos um pequeno impasse na hora de pagar o cachê. Agendamos um encontro de 1h e pouco antes dele me pagar, eu tinha olhado as horas no meu celular. Era 17:17 (devíamos ter encerrado às 16:30 já abatendo o meu atraso). Quando ele perguntou quanto me devia, achei que estava perguntando por estar ciente de que devíamos ter passado do tempo, e antes de eu lhe responder com o valor excedente, lhe perguntei as horas, para que chegássemos a essa conclusão juntos. Porém, para a minha decepção, ele olhou o relógio e respondeu apenas: “Cinco”. Omitindo os minutos, provavelmente achando que por eu ter perguntando as horas, estava alienada no tempo.

Comentei sobre me acertar por 1:30 (sendo que já estávamos indo para duas) e ele questionou que o tempo em que eu estava comendo não deveria ser contabilizado. Realmente ele tinha razão, e não estava o cobrando a mais por isso, afinal estávamos indo para 2h e eu estava lhe cobrando 1:30, ou seja, já abati meia hora referente ao tempo que eu comi. Ele achava mesmo que levei uma hora para comer?!

Sem contar que eu tinha absoluta certeza que havíamos passado um pouco do tempo antes mesmo de eu pedir a refeição, pois com aquele sobe e desce do seu pinto, tive o maior trabalho. Enfim, burrice a minha não ter olhado o relógio no exato momento em que ele gozou (nesse dia tinha esquecido de ir com o meu relógio de pulso).

Achei que por ele perguntar quanto me devia, estaria aberto ao acréscimo, mas na verdade ele só queria ter certeza do valor combinado. Uó. Para variar, ele ia me acertar de acordo com o meu novo cachê (R$ 400/hora e não R$ 350) e eu ainda o corrigi (fui mais honesta que ele), explicando que como ele já tinha agendado antes da mudança, eu considerei o valor antigo, mas que nesse valor antigo 400 seria 1:30, que era justo o tempo que eu estava considerando correto ele me acertar.

Pois só foi eu dizer isso, que ele fez questão de pegar uma nota de R$ 50 de volta, com a desculpa de que ainda pagaria o hotel. 😒 Tamanha mesquinharia. Ele iria pagar os R$ 400 de qualquer jeito, se eu não tivesse falado nada. Tanto sabe que estava querendo dar um de esperto, que quando perguntei as horas, cadê que ele disse: “17:18”? 😒 Só pela atitude mesquinha e desonesta vai para os desagradáveis. 👎🏻

Cliente 270 – “O Cuba Gooding Jr”

Combinamos um atendimento só com beijos e oral, devido ao seu menino exceder a medida dos Clientes Pauzudos. Então assim como fiz com O Disciplinado, avaliaria o tamanho do seu dote pessoalmente para um possível segundo encontro. Quarto 167. Desde a foto do WhatsApp, o achava muito parecido com o Cuba Gooding Junior! Pessoalmente então, só realçou a minha impressão rs.

Nos beijamos (um beijo delicioso, aliás!), depois fomos para a cama e ele me sentou em seu colo. Achei que engataríamos beijos e mais beijos, porém ele estava querendo conversar, me conhecer, sabe? E os beijos foram meros coadjuvantes, sendo intercalados entre uma conversa e outra.

Certa altura, ele disse que ainda não tinha tomado banho, então quando os beijos estavam começando a ficar mais ardentes, interrompi para que ele fosse logo se banhar, senão seria ainda mais chato interromper depois que já estivéssemos engatados. Como era a sua primeira vez naquele hotel, fui com ele e lhe mostrei onde ficavam as coisas (toalhas, sabonete e etc), para depois voltar para o quarto e aguardá-lo na cama.

Quando ele voltou, se deitou por cima de mim e retomamos os 💋💋. Depois foi descendo para os meus seios, os chupou por um tempo e continuou rumo a minha xaninha. Destaco aqui o seu oral, inclusive, chupava muito bem! 😏 Depois de um tempo falei que queria chupá-lo também, mas ele ainda estava um tanto nervoso (disse que eu o intimidava), e o menino não subiu. Então voltamos aos beijos e tentei animá-lo outras vezes, mas sem sucesso. 💔

Depois ele voltou a me chupar, conseguindo me fazer gozar! Ai que delícia!!! 😍 Quis retribuir o prazer, mas seu menino ainda dormia. 💤 Daí tive a ideia de lhe fazer uma massagem tântrica (que eu aprendi recentemente). Infelizmente eu não fui preparada para a massagem, ou seja, não levei o óleo próprio para isso, e tive que improvisar com o lubrificante mesmo. Não ficou tão top quanto eu gostaria (o KY secava rápido e grudava), mas pelo menos, ainda assim consegui deixá-lo duro. 😛 Não duro como pedra, mas já dava para chupar rs. 👅 Porém, não durou muito e logo mais voltou a amolecer. 😩

Daí voltamos a nos beijar, até que começou a surgir assunto aqui e ali, e quando vimos estávamos no maior papo. Moral da história: Passamos o restante do tempo papeando. 😁 Ele me apelidou carinhosamente de: “olhinhos caídos” e na minha mente o seu apelido também já estava definido (que era Cuba Gooding), pelo menos o dele era mais legal rsrs. Depois pedimos a refeição e já nos vestimos. Conversamos ainda mais enquanto almoçávamos. Encontro de 2h.

Cliente 269 – “Os Olhos Verdes”

Quarto 225. Apesar de ao abrir a porta, me deparar com um homem bonito, de terno e sorriso cativante, o que mais me chamou a atenção foram mesmo seus olhos verdes. Ou será que eram azuis esverdeados? 🤔 Não sei ao certo, só sei que eram lindos! 💖

Não perdemos tempo e logo nos beijamos, beijos esses que se estenderam pelos minutos à frente em que ainda permanecemos de pé. Aos poucos fui me soltando e comecei a desabotoar sua camisa. Ele também retribuiu o gesto, despindo a minha roupa. Mais beijos com nossos corpos colados, e então desci para seu pau. 😋 Após um tempo com aquele colosso na minha boquinha, subi para seus lábios novamente, nos amassamos mais um pouco e finalmente fomos para a cama. 😈

Daí o chupei ainda mais e também fui paparicada, quando me pediu que sentasse no seu rosto. Hummm, dá-lhe língua!! 👅 Ficamos nessas preliminares por muito tempo, revezando entre beijos e amassos x oral nele, até eu não aguentar mais toda aquela provocação, e pedir encarecidamente que entrasse logo dentro de mim. 👄 Rapidamente fui pegar a camisinha na bolsa. 🏃🏼‍♀️🏃🏼‍♀️

Dei aquele último beijinho no seu menino, e já encapei, para na sequência sentar bem gostoso.  😏  Cavalguei por um tempo, depois invertemos e ele que veio por cima. Daí comecei a me masturbar e só parei quando gozei. 🤤 Uma delícia! Ele continuou estocando por mais um tempo, até que, ouvindo algumas putarias que eu falava, não resistiu e gozou também. 😏

Pausa para descanso. Iniciamos um bom papo sobre profissões e viagens, e quando estávamos na reta final do programa, ele quis dar uma última brincada. 😛 Como não sou de negar fogo, no mesmo minuto voltei a lhe beijar💋 e dos beijos voltei para seu pau. 😋 A segunda preliminar foi bem mais curta, por conta do tempo, mas nem por isso menos gostosa. 🤤

Logo mais encapei e fui sentando de novo, de um jeito diferente, como se eu estivesse me agachando, com as pernas para a frente, sabe? Daquele jeito devia estar sendo ainda mais gostoso que a cavalgada convencional do primeiro round, pois ele gozou consideravelmente rápido!

Daí pedimos o almoço e enquanto não chegava, fomos nos banhar. Conversamos mais um tanto enquanto almoçávamos, e partiu antes de mim. Encontro de 1:30.