Publicado em Aventuras, Programas

Despedida de Solteiro!

Não aguentei esperar para postar na ordem dos encontros, então resolvi antecipar esse aqui, aproveitando que o evento ainda está fresquinho na memória de vocês! 😎 Vamos ao começo de tudo!

O noivo da festinha é um cliente meu (recente que ainda irei relatar), e alguns dias após o nosso encontro, me enviou uma mensagem convidando eu e a Manuela Trindade para participarmos da sua despedida de solteiro. Analisamos a proposta com cuidado (nunca havíamos participado de uma) e então aceitamos! 🤗 Depois começamos a tratar os detalhes da festa com seu amigo, um japa muito simpático, que também estaria na despedida.

Passados alguns dias, ele me pediu ajuda para arrumar também uma ruiva e uma oriental (pois teve dois cancelamentos), e foi quando postei o pedido de ajuda no Twitter:

As gps ruivas que vieram na minha cabeça na mesma hora, foram: Melina Artois e Emma Lolli! Resolvi tentar primeiro com a Emma, por termos maior afinidade – já atendemos em dupla algumas vezes, enquanto com a Melina eu só havia trocado algumas mensagens -, e ela topou adiar a extração do dente do siso mais um pouquinho! 😁 Já a GP oriental foi difícil encontrar uma disponível para esta data. E após muita procura, consegui uma mestiça, sendo a Nina Takashi. Educadíssima e muito simpática.  😊

Mais dias se passaram e o japa precisou de mais  três meninas (teve novos cancelamentos). Foi quando chamei uma outra mestiça que tinha ficado em stand-by quando a Takashi aceitou (que não vem ao caso eu dizer quem, já que ela acabou não indo), mais a Nina Bardot e minha amiga Agatha Galluci!

Pouquíssimos minutos depois de eu conseguir essas três, o japa me ligou e explicou que precisava de mais sete!! 😳 Fazendo com que eu me sentisse a top organizadora de eventos rsrs. Foi quando finalmente chamei a Melina ArtoisRenata Paes, Sofia ProençaAnny Ambrósio (amiga da Agatha, iniciante no ramo), e Helena Becker (amiga da Manu, iniciante também). Não consegui as sete como ele pediu, pois nem todas que chamei quiseram, puderam ou me responderam a tempo, mas consegui uma boa parte! 💪🏻

Criei o grupinho no whats e foi uma delícia ver as meninas interagindo umas com as outras, empolgadas com a festa e a possibilidade de nos conhecermos pessoalmente. 💃🏼

As regras eram simples:

  • Não teria suruba, nem sexo grupal; (ufa!)
  • A projeção era de duas meninas para cada homem, ou seja, não seríamos exploradas sexualmente; (ufa de novo!)
  • O evento iria ocorrer numa chácara alugada em Atibaia; (com serviço de traslado e tudo);
  • Seria em torno de 8 rapazes;
  • Teríamos que nos fantasiar com aquelas fantasias de sexy shop.

Enfim chegou o grande dia!

Meu cliente ofereceu de eu ir junto com ele em seu carro, o que acabei topando, levando comigo a Agatha Galluci (que dormiu na minha casa na noite anterior ao evento) e a Manu Trindade. Em paralelo, as demais meninas iriam todas juntas de van, sendo o ponto de partida no queridíssimo hotel Lido rs.

Torci para que todas as meninas fossem, afinal a maioria eu que tinha agitado, e não queria passar vergonha com as minhas indicações rs. A única que desapareceu, sem ao menos cancelar antes, foi uma das que o japa tinha escolhido e pedido para eu chamar, sendo ele o dedo podre na escolha rs.

Despedida de Solteiro Atibaia

Após pegarmos a Manu, seguimos então para Atibaia, com aquele trânsito infernal de São Paulo em pleno sábado. Chegamos na casa (que era gigantesca) por volta das 16h. Fomos acomodadas numa suíte com uma imensa cama de casal, guarda roupa de parede e uma sacada que dava para a entrada da casa. Parecia que estávamos numa colônia de férias rs, excursão da escola, ou casa da playboy rs.

Ficamos lá no quarto conversando e separando as coisas que usaríamos mais tarde, até que de repente (após meia hora da nossa chegada) a van que trazia as outras meninas, finalmente chegou! 😍

Van Despedida de Solteiro Atibaia Perigosas

Ai que empolgação! Eu estava super curiosa para conhecer as Gps que seguia e não fazia a menor ideia de como eram seus rostos! Logo descemos para vê-las de perto. E lá estavam todas as que eu chamei e mais algumas que o japa chamou. E assim como ele fez com a gente, as conduziu para o segundo andar e as acomodaram numa outra suíte um pouco menor (com beliche, cama de solteiro e uma cômoda com espelho), com exceção da Nina Takashi, Helena Becker e Anny Ambrósio que vieram para o mesmo quarto que a gente. 😊

Não deu para conversar com ninguém neste primeiro momento, e depois o japa nos chamou para o segundo quarto também, para que pudesse dar um recado para todas ao mesmo tempo. Falou poucas coisas, mais como um discurso de boas vindas e explicou resumidamente o que poderíamos esperar da festinha. E então pediu que descêssemos para comer algo, sem que precisássemos nos trocar por enquanto.

Fomos então para fora da casa, onde ficava a churrasqueira. Os rapazes já estavam lá bebendo e conversando. Havia bartender (que eram duas mulheres) preparando nossos drinques. Se formaram várias rodinhas de Gps conversando, cada qual com as que mais encontraram afinidade. Todas aproveitamos para conversarmos umas com as outras, um dos melhores momentos do dia. ❤️

Fiquei na mesma rodinha em que estavam a Melina Artois, Nina Bardot, minha amiga Emma Lolli, Anny Ambrósio e Helena Becker. Depois a Anny foi para outra rodinha em que estava a Agatha, e daí a Manu também se juntou a nós.

Melina e Nina

Me dei super bem com a Melina e a Nina Bardot! Nossa, como adorei elas! ❤️ A Melina parece uma bonequinha! Imaginava seu rosto de um jeito, e conseguiu superar minhas expectativas! Olhos claros, carinha de menina inocente. Lhe dava uns quinze anos!! A Nina é exatamente como eu imaginava! Também muito bonita e estilosa! Como ultimamente temos conversado bastante por aúdio no whatsapp, dava para ter uma boa noção do que esperar dela pessoalmente. Muito gente boa. Ambas são uns amores! Me senti no clube da Luluzinha dentro daquela rodinha rs.

Sara Müller e Emma

Minha amiga Emma não conhecia ninguém além de mim (até então) mas não teve dificuldades em se enturmar (a essa altura já estava bem enturmada até rs), já que ali os perfis se pareciam muito. A Helena Becker é outra que também me dei super bem, apesar de não ter dado para conversarmos muito. Não houve muita interação com os rapazes neste momento (pelo menos não de todas), já que primeiro estávamos nos familiarizando com nós mesmas.

Após um tempo de “happy hour” aos poucos as meninas foram sumindo, conforme subiam para se trocar. E lá fomos nós! Seis moças (eu, Manu, Agatha, Takashi, Helena e Anny) dentro de um quarto se trocando ao mesmo tempo. Se tivessem câmeras, os rapazes teriam se deliciado rs.

Quando a Nina Takashi tirou seu vestido, não tive como não reparar e elogiar sua lingerie. Que era azul bebê toda delicada e enfeitadinha. Sem contar seu corpo escultural. Substituiu a roupa que estava por uma fantasia de chapeuzinho vermelho.

Anny Ambrósio era outra que tinha um corpo de dar inveja. Siliconada e sarada. Ela estava na dúvida entre as fantasias de odalisca, empregada e marinheira, e lhe ajudamos a optar pela de odalisca, que valorizava muito mais o seu corpo. 😌

Agatha Galluci sofreu para se decidir também, pois havia levado uma fantasia de dama da noite (que mais parecia roupa de balada de tão coberta) esperando que fizesse frio, quando na verdade estávamos todas suando dentro daquele quarto. Acabou decidindo pela fantasia de marinheira, que também valorizava o seu corpo sarado.

Manu se fantasiou de enfermeira sexy, ficando ainda mais linda do que já é; Helena Becker passou um tremendo calor enquanto vestia sua fantasia de comissária rs; E eu, vesti a minha de policial, pronta para prender quem me desobedecesse.

Sara Müller Despedida de Solteiro Policial

Após algumas de nós já estarmos prontas, aproveitamos o momento para tirarmos fotos enquanto outras terminavam de se arrumar. Depois todas desceram, e calhou de eu ficar para trás, pois estava postando a foto no Twitter. 🤓 Daí quando cheguei na porta da casa e já ia me preparar para descer as escadas até o gramado, meu cliente estava subindo bem nesse momento e estendeu os braços para mim. Eu correspondi no mesmo minuto e quando chegamos perto, demos aquele beijão! 👄

Parecia até que foi combinado de tão sincronizado que foi a cena rs. Depois ele continuou subindo e eu descendo rs. Uns dois rapazes que estavam perto da piscina viram, e começaram a bater palmas enquanto eu descia, complementando com: “Já foi dada a largada?” rsrs.

Enfim me juntei as meninas e já pedi mais uma caipirinha. Agora tínhamos até DJ (que também era mulher) tocando diversos gêneros musicais, que iam de funk a eletrônico. As gps estavam lindas com suas fantasias, pena que não deu para tirar foto com todas, já que não circulávamos com nossos celulares, que ficaram guardados na bolsa.

Emma Lolli, Melina Artois, Sara Müller, Nina Bardot, Manu Trindade e Sofia Proença Despedida de Solteiro
Da esquerda para a direita: Emma Lolli, Melina Artois, eu, Nina Bardot, Manu Trindade e Sofia Proença

Novamente fiquei na rodinha com a Nina Bardot, Melina e Helena, e brinquei: “Será que vamos ser escolhidas?!” rsrs. Não demorou muito para que fôssemos. Um rapaz extremamente bêbado de blusa branca, parou entre mim e a Nina, chamando: “Vocês duas“. Achei que ele estivesse falando da Nina e Melina, e perguntei: “Elas duas?” e ele: “Não. Vocês duas”, apontando para mim e para a Melina, que pediu que ele aguardasse, pelo menos até ela pegar o seu drink que já estavam fazendo. Nesse meio tempo meu cliente nos salvou, dizendo que íamos com ele. Daí não entendi se o rapaz de branco estava apenas nos selecionando para o dono da festa, ou se ele foi passado para trás mesmo rs.

A primeira transa

Uma outra Gp foi levada conosco (que até então eu não conhecia), chamada Michele, e enquanto íamos para o quarto com ele, nos demos conta que éramos que nem as Três Espiãs Demais: uma loira, outra morena e uma ruiva rs. Ele queria nos levar para o “seu quarto” (que era aquele maior em que eu e as meninas estávamos quando chegamos), porém, o alertei que para lá seria inviável, pois a cama estava repleta de bolsas e o quarto todo zoneado rs. Ele abortou a missão e nos levou então para um dos quartinhos que tinham ali embaixo mesmo. Quartinho esse que podia ser chamado de forninho. Passamos o maior calor lá dentro (literalmente).

O encaminhamos para o banho (era suíte) e enquanto isso fomos tirando nossos calçados. A Melina revelou que não tinha muita experiência em interagir com outra mulher e por conta disso estava um pouco receosa. Mas falei para não se preocupar que focaríamos só nele. Quando ele veio, encarnei a policial mandona, fiz ele se deitar, e me sentei por cima, algemando seus braços na altura da sua cabeça. Coloquei a Melina para beijá-lo e desci com a morena para chupá-lo. Fiquei no pau e ela nas bolas. 👅

Ficamos algum tempo assim, depois eu subi e a Melina desceu. Depois ele pediu que elas se chupassem, enquanto eu também o chupava. A Michele foi super bacana nessa hora, pois sabendo que a Melina não se sentia confortável interagindo com outra mulher, tomou a iniciativa e rapidamente desceu para a xaninha dela.

Ficamos mais um tempo assim, até que ele disse para mim que queria “ela”, se referindo a Melina. Daí já peguei a camisinha e fui encapando o menino, enquanto a Michele me ajudava, abrindo o sachê de lubrificante. Ela fez o serviço completo e também lubrificou para que a Melina só sentasse. Trabalho em equipe total! Rsrs. Daí me posicionei ao lado da Melina e fiquei sensualizando, passando as mãos pelo corpo dela, para que ele tivesse uma ótima visão enquanto a sentia por dentro. Várias vezes tentei chupar os seios dela ou beijar ele, mas como ambos estavam fazendo movimentos rápidos e bruscos, não deu muito certo rs.

Depois a Melina começou a pegar no pescoço dele e reparei que o safado gostou. Fui na dela e também simulei um enforcamento, ao que os olhos dele se perdiam pulando de mim para ela enlouquecidos. Começou a ficar ainda mais empolgado e nos mostrou que também gostava de tapa na cara. Daí eu e a Melina o estapeamos (uma de cada vez), sem dó. Depois ela abaixou para beijá-lo e fiquei sem ter muito o que fazer rs. Me juntei a Michele e ficamos fazendo carinho nas outras partes do corpo dele. Diversas vezes me sobressaltei com ele dando uns tapões com as mãos juntas na bunda da Melina. “Eita porra” pensei, quando vi o bumbum branco que ela tinha, ficando mais vermelho a cada tapa. 👋🏻

Ficaram um bom tempo transando, até que, de repente, ele disse: “Sua vez” para mim. Ah bom! Achei que fosse me deixar chupando dedo! Rapidamente peguei outra camisinha, tirei a anterior e a Michele eficiente já foi lubrificando para mim também. Comecei bem devagar, pois ele já devia estar quase gozando e muitas vezes pedia para eu ir com calma. Quando eu estava por cima, não deu para as outras meninas interagirem, pois nos beijamos ao mesmo tempo e meus cabelos caíram em volta do seu rosto, lhe tampando a visão do quarto.

Como era de se esperar, comecei a me masturbar, um pouco acanhada no começo com as meninas olhando, mas depois foquei só em nós dois, e consegui gozar gostoso. 😛 Depois acelerei com vontade, e após alguns segundos ele avisou que ia gozar também.  Me senti honrada por ter escolhido gozar comigo. ❤️

Depois que gozou ficou totalmente arriado. Fiquei um tempo lhe fazendo carinho, até que o encorajei a ir tomar outro banho para dar uma acordada, afinal a festa estava só começando! O deixamos se banhando e subimos para o quarto juntas, indo nos arrumar também. Todas estávamos descabeladas, pois além do esforço físico não ventilava no quarto, passamos muito calor.

Peguei minhas coisas no quarto maior, e fui para o outro quarto me arrumar com elas. A Michele se banhou primeiro, depois eu, e por último a Melina. Sempre conversando e dando muita risada entre a gente. A parte ruim é que o chuveiro não esquentava, mas ainda bem que estava calor, então não foi tão sofrido rs. Mais meninas se juntaram a nós nesse meio tempo e demoramos um pouco mais para voltar para a festa, já que conversar com as colegas de trabalho também fazia parte do break. 😎

Boneca Inflável Despedida de Solteiro

Quando voltei para a churrasqueira, meu cliente já estava por lá, jogando sinuca com umas três gps e dois caras. Fui ver se tinha algo para comer (depois do esforço físico bate aquela fominha), mas só consegui me sentir atraída por uma salada de maionese. Um senhor que estava apoiado no balcão perto da pia (depois descobri ser o tio do noivo), gentilmente me ajudou, lavando um garfo para mim.

Me juntei a Emma e Sofia, que estavam sentadas ali perto, comi minha salada e pedi outro drink. De repente, os caras estavam na maior agitação perto da piscina e eu a Manu chegamos mais perto para olhar. O alvoroço se deu porque as gps que estavam jogando sinuca com eles perderam a aposta e iam se jogar na piscina. Nossa fiquei feliz de não estar na pele delas, pois a água deveria estar gelada (apesar do calor), sem contar que não seria nada glamuroso ficar nua na frente de todos e estragar a maquiagem com a água rs.

De repente olhei para o lado e vi a Manu no maior beijão com um rapaz de óculos. Fiquei com vontade de tascar o beijo no japa que estava na minha frente também (aquele que eu conversava com frequência sobre os preparativos da festa), mas fiquei sem graça de me insinuar para ele. Sem contar que meu cliente estava perto, e não sei se ficaria chateado. (Não que eu fosse exclusiva de alguém, mas tínhamos acabado de transar, não é mesmo?! Rs.)

A segunda transa 

Dei a sorte de ser com um outro rapaz que também tinha me chamado bastante a atenção durante a festa. Estávamos do lado de fora da casa (numa das entradas que dava para a cozinha) conversando eu, ele, a Manu e o tal rapaz de óculos citado acima. Estava rolando o maior clima e quando a Manu e o de óculos se beijaram novamente, olhei para o loirinho e lhe dei um beijo, que imediatamente foi correspondido.

Ficamos um bom tempo nos beijando com ousadas passadas de mão, cada casal de um lado da parede. Eu e a Manu parecíamos duas amigas que tinham saído da balada cada qual com o seu affair da noite rs. Às vezes eu abria os olhos para ver em que pé estava o casal da frente, e quando vi que os amassos estavam quentes, quis botar o meu para ferver ainda mais! Desci para o pau do loirinho e já comecei a chupar ali mesmo (mulher é mesmo muito competitiva rs).

Depois vi meu cliente chegando com uma GP, se instalando em outra parede próximo de nós. Fiquei curiosa em saber quem era a moça que estava com ele, mas entre uma chupada e outra não consegui indentificar rs. Dali a pouco, o loirinho gostoso chamou: “Vamos para o quarto?”. Era tudo o que eu estava esperando ouvir naquele momento! 😈

Ele estava um pouco bêbado e me pareceu perdido, sem saber em qual quarto poderíamos entrar (os tais quartos ficavam do lado de fora da casa, similar aos de motéis, com as portas enfileiradas). Mostrei um que de longe dava para ver que a porta estava aberta, e pedi que fosse na frente, enquanto eu pegava as camisinhas e o gel lá na mesa.

Quando entrei no quarto escuro, ele estava tomando banho. Rapaz higiênico, gosto assim! 😌 Abri a porta do banheiro, e fiz um charme, dizendo: “Oi… Vim checar se entrei no quarto certo”. Para o meu azar ele entendeu outra coisa, e por um instante quase abortamos a missão. Achou que eu não queria transar com ele e que estava dizendo que ele não era o cara certo. 🤦🏼‍♀️ Em contrapartida, eu também pensei que ele tivesse desistido de transar comigo, quando percebi que a minha frase inicial não tinha surtido o efeito esperado. Uma confusão! Rs.

Felizmente resolvemos o mal entendido, e sim, ambos queriam transar um com o outro. 😋  Ele saiu do banheiro nu e já o agarrei ali na porta. Muitos beijos, desci para seu pau de novo e tratei de deixá-lo duro. Depois ele me encaminhou para a cama e já pediu pela camisinha. Encapamos, gel, veio no ppmm.

Nossa que delícia transar com ele! Pedi que não gozasse rápido, mas ele falou que estava difícil, que eu era muito gostosa e que meus gemidos estavam te dando muito tesão. De repente, ele parou de transar e avisou que ia tomar banho. Não entendi direito o porquê, mas imaginei que fosse para evitar que gozasse rápido, uma vez que o menino amoleceria com a água do chuveiro.

O aguardei na cama, me masturbando, sedenta para gozar com ele dentro de mim. Ele voltou com o menino mole e retomei o oral para endurecê-lo na minha boca. Seu pinto parecia uma montanha russa, ora estava pra cima, ora estava pra baixo, e comecei a ficar frustrada por não conseguir mantê-lo duro por muito tempo.

Enfim consegui encapá-lo e fui por cima, mas a transa não vingou. Para piorar, eu só tinha pegado duas camisinhas, e tive que sair descabelada e descalça que nem uma louca, pra pegar mais lá na mesa da sala. Voltei correndo e já caí de boca de novo. Chupei, chupei e nada. Dessa vez não estava mais conseguindo trazê-lo à vida. 😩 Pior que eu estava super afim, mas pelo jeito tinha buscado mais camisinhas para nada.

Daí ele acabou se dando por vencido e disse que achava que não conseguiria, ainda mais depois de ter gozado. (!!!) Nessa hora me sobressaltei, pois eu não tinha percebido que ele tinha gozado aquela hora! Ele gozou tão quietinho e foi se banhar tão rapidamente, que eu achei que ele só tivesse ido amolecer o menino pra sair da linha de fogo e aguentar mais tempo. Agora se ele já tinha gozado, isso explicava tudo! Imediatamente me senti menos pior, já tinha cumprido a minha missão e agora só restava lhe dar o devido descanso rs.

Ele sugeriu transarmos de novo mais tarde, mas nem levei a sério, pois era óbvio que ele queria pegar todas e não ficar repetindo a mesma rs. Nos vestimos e saímos do quarto juntos. Passamos pela sala e foi inevitável os olhares das Gps que estavam por lá. “Acabamos de transar” estava escrito em nossas testas rs.

Manu Trindade e Sara Müller Despedida de Solteiro

A festa estava chegando na reta final. 💔 Faltava pouco para às 23h e o Uber nos buscaria meia noite. Voltei para o encontro das meninas e fiquei conversando com a Manu, enquanto bebericávamos nosso último drink. Vimos o japonês subindo com a Melina, e me diverti com o comentário da Manu: “Ela terá trabalho para fazê-lo gozar, pois ele acabou de gozar comigo!” 😅😅

Meu cliente se aproximou da gente, e deixei escapar que ainda não tinha comido a carne desde a hora que cheguei. Ele mudou de fisionomia na mesma hora, como se aquilo fosse uma grande ofensa à minha pessoa rsrs. Nos explicou que o churrasqueiro desmarcou em cima da hora, e que estavam tendo que se virar entre eles, pedindo desculpas por isso. Que homem educado e gentil! Não nos devia nenhuma satisfação e mesmo assim se preocupava em não causar uma impressão ruim rs. Ainda serviu a carne para nós! ❤️

Quando estávamos subindo para nos trocar, fizemos uma paradinha na cozinha, e ficamos papeando com a Nina Bardot e a Helena, até que mais rapazes foram chegando e entrando na prosa. Eu já estava descalça, com as botas na mão, então não me prolonguei muito, e fui saindo de fininho logo depois da Nina Bardot.

Quando cheguei no quarto, peguei meu celular para ver se o meu colega que faz Uber já tinha chegado e sim, ele já estava lá! Corri para avisar as meninas, porém, não encontrei a Manu! 🤦🏼‍♀️ Fiquei desesperada porque o motorista do Uber já tinha nos alertado que não poderia esperar muito tempo, pois, como já sabíamos, ele teria outra corrida particular logo em seguida.

Ficou visível o desconforto entre todas as meninas (a Emma também ia voltar com a gente) com receio de perdermos o Uber. Fiquei sem entender a razão dela nos deixar na mão… Que vontade de mostrar serviço era aquela quando já tinha passado do horário combinado, quase nos deixando à mercê dos rapazes da festa que não estavam em condições de dirigir? 🤔

Sem contar que o menino do Uber ficaria putissímo de rodar até Atibaia (ele saiu de Guarulhos) para voltar sem as passageiras e o principal: sem o dinheiro combinado para aquela viagem! Pois é, até no final da festinha tinha adrenalina! 😅 Felizmente consegui enrolá-lo até ela aparecer, e após todas recebermos nossos envelopes com o cachê, nos despedimos do pessoal e partimos.

Pedi as meninas, antes que entrássemos no carro, para que não comentassem nada da festa durante o trajeto, pois o menino era um conhecido civil meu e não fazia a menor ideia do que eu fazia. Comentar elas não comentaram, mas soltaram um “Sara” aqui e ali me deixando congelada quando ouvia rs. 😳 Espero que ele não tenha notado… 🤦🏼‍♀️

Autor:

Sou aquela moça bonita que se passar do seu lado na rua, você nunca imaginará que é uma acompanhante de luxo. Com uma aparência recatada e um jeitinho inocente, prezo pela discrição e o sigilo. Admirada por alguns e odiada por outros, essa sou eu, prazer Sara Müller! (Sim, com trema no U.)

18 comentários em “Despedida de Solteiro!

  1. Nossa Sara, o seu blog é muito legal.
    Gosto de ver o seu ponto de vista sobre cada atendimento.
    Confesso que fico com vontade de te conhecer pessoalmente rsrs
    Se um dia eu for fazer uma despedida de solteiro, com certeza você seria a primeira opção! Hahaha

  2. Oi Sara, embora estivesse ansioso por este relato, demorei um pouco para ler, por ser mais extenso que o normal.
    Adorei o relato e adoraria ter estado nesta festa.
    Confesso que pelo relato a festa pareceu bem comportada….rsrs.
    Você é todas as meninas (sigo quase todas no twitter) estão de parabéns.
    Um beijo grande.😘😘😘

  3. Essa Sara Miller só sai com homens importantes e de status social MUITO ELEVADO (classe média alta e Elite)

    Fico até com vergonha de contatar seu serviços. Mesmo eu trabalhando e tendo meu dinheirinho…QUEM SOU EU PERTO DESSA GENTE?

    E pior…QUEM SOU EU PERTO DE VOCE SARA????

    ABSOLUTAMENTE UM NADA. Você não precisa de mais um cliente,seus FIXOS ja te bancam TUDO!

    Que triste…de mim

    1. Nossa que exagero!!

      Não escolho meus clientes pelo seu poder aquisitivo, sendo educado e sabendo me abordar, o encontro acontece com sucesso.

      Não faço questão que o cara seja rico. Podendo apenas pagar o meu cachê já está de bom tamanho.

  4. Pra quem tem o tipo de homem que quiser,seja gordo,magro,sarado,Alto ou baixo,negro ou branco,dotado ou não. Com ou sem tatuagem. Zona Sul ou zona Norte.

    Fica uma pergunta:
    QUEM PRECISA DE NAMORADO?
    Se você pode ter O MUNDO INTEIRO aos seus pés.

    Se bem que nem todas decidem se tornar GP’s pra sempre né .

    Cada caso é um caso.
    HAJA MEMORIA VIU.

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.