Cliente 200 – “O Polido”

Lembram daquele senhor que postei em Cuidado ao abordar uma GP ? Pois então, poucos minutos após a postagem, ele me enviou um torpedo pedindo desculpas. (Será que ele leu??)

Eu não estava querendo lhe dar outra chance (vejam que demorei um dia para respondê-lo), mas a Teresa Marder (a moça que comentou no post citado acima), me convenceu. Afinal, realmente eu não tinha nada a perder, não é mesmo? Então lá fui eu encontrá-lo segunda-feira passada, na estação Pinheiros!

Fiquei bastante acanhada no começo, por conta de todo aquele início turbulento, mas aos poucos ele foi ganhando a minha confiança. Entrei em seu carro – que era mesmo blindado – e seguimos para o Astúrias. Chegamos, nos despimos e começamos pela piscina, enquanto bebericávamos o vinho branco que ele levou para nós. Entre uma taça e outra nos beijamos, e o seu beijo foi mesmo fantástico!

Em pouco tempo já me sentou na beirada da piscina e começou a me chupar. 😯 Depois voltei a entrar na água e continuamos com os beijos. Não muito tempo depois, voltou a me sentar na beirada da piscina, para dessa vez chupar os meus seios. Daí quando entrei na água de novo, passei a pegar no seu pau, que já estava bem duro. 😏

Após muitos beijos e amassos, falei que queria chupá-lo também e daí se sentou na beirada da piscina como eu havia feito alguns minutos antes. Após um tempo o chupando, ele começou a gemer, e achei que só naquele momento estivesse começando a curtir o meu oral, mas melhor que isso, já estava gozando! 😯 Pois é, ele gozou na minha boca, mas calma, não saiu líquido nenhum, e me explicou que como havia operado a próstata, não saía mais esperma quando ejaculava (ainda bem). Tá aí uma coisa que até então eu não sabia rs.

Depois voltou a entrar na água e continuamos conversando, intercalando com beijos na boca. Após um tempo seu pau voltou a ficar duro e eu com vontade de transar, então fomos para a cama. 😼 Voltamos aos amassos, até seu pau ficar no ponto de novo, daí encapei, passei o gel e fui por cima! Cavalguei alternando a velocidade, ao mesmo tempo em que me masturbava. Estava uma delícia e gozei em alguns minutos. 🤗 Depois ele me pegou de bruços e meteu assim até gozar também.

Pausa, nos banhamos e ficamos deitados conversando um bom tempo. Depois comentei que estava com fome (quando ele agendou, disse que almoçaríamos juntos) e deixou que eu escolhesse a refeição, me dando algumas dicas dos melhores pratos. Quando terminamos de comer, olhamos a hora e já havia estourado o tempo, fechamos por duas horas e se passou três! Começamos a nos vestir às pressas, pois ele também tinha compromisso, e me acertou pelas três horas. Um completo cavalheiro, definitivamente a primeira impressão muitas vezes pode enganar!

2 comentários em “Cliente 200 – “O Polido”

  1. Então, no orgasmo seco do Tantra o princípio é controlar a próstata para não ejacular no gozo, precisa uma concentração bem forte e força no períneo, sem próstata deve ser igual imagino, ele ficou ereto depois?

    É muito legal ele ter reconhecido o erro e ter sido humilde, mostrou merecer uma segunda chance mesmo 😊

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.